Soldados femininas foram cortadas dos jogos da série Battlefield


Uma ex-funcionária da DICE diz que o estúdio estava planejando colocar soldadas em Battlefield 3 e Battlefield 4.

Amandine Coget, engenheira de software que costumava trabalhar para a DICE, que originalmente falou que as personagens femininas foram removidas de Battlefield 1, também falou que o estúdio tinha planos de colocar soldadas no modo multiplayer de ambos os Battlefield 3 e 4.

"Eu me juntei a DICE logo após o lançamento do BF3, e BF4  já estava sendo feito." Disse Coget. "Mas ouvi dizer de várias pessoas que em ambos os jogos, soldadas foram planejadas para o modo multiplayer, mas nos dois casos a ideia foi descartada."

No começo de Junho deste ano, Coget escreveu no Twitter que o plano para Battlefield 1 era se passar na I Guerra Mundial e iriam colocar soldados femininas, já que o projeto estava bem adiantado. Porém, um e-mail entre os funcionários da DICE, alguns meses depois, confirmou que elas haviam sido cortadas do multiplayer.

Veja quantos tanques estavam envolvidos na I Guerra Mundial e como eles funcionavam. Veja a letalidade dos paraquedas," Continou Coget. "Eventualmente eu consegui fazer com que eles dissessem a verdade de o porque deixaram de lado os personagens femininos. Tudo aquilo era acreditável, mas soldadas não, aos olhos da audiência dos homens.

Patrick Soderlund, vice-presidente executivo da EA, disse que ele não tinha muita certeza sobre o Battlefield 1 se passar na I Guerra Mundial. "Quando a equipe me mostrou a ideia eu rejeitei. Foi uma guerra de trincheiras, não vai ser divertido de se jogar. Se você olhar para as outras empresas de jogos verão que eles estão focando em guerra futurista, e tivemos muito sucesso com guerra moderna. Porém, decidimos que era hora de mudar."

Em uma entrevista para a Eurogamer, o diretor criativo da DICE, Lars Gustavsson falou sobre a diversidade do jogo. "Revelamos que soldadas Beduínas serão jogáveis na campanha. Para nós, queríamos permanecer na autenticidade, mas também de uma maneira respeitosa e inclusiva, mostramos várias nações, nem sempre exatamente como eram, mas mostrando a multidão de soldados que lutaram em exércitos diferentes, mostrando essa guerra de um jeito moderno é o que a DICE acredita e o que Battlefield acredita." Disse Gustavsson.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.