Notícias


Após conhecer um pouco mais sobre a classe 'Assault' em seu último post, vamos agora conhecer sua história.

Battlefield 1942

Um dos cinco kits disponíveis para os jogadores de Battlefield 1942, a classe 'Assault' era a mais adequada quando lutando contra infantaria. Antigamente, era apenas usar rifles e metralhadoras, ficar perto da ação entre os 'Axis e Allies'. 12 anos atrás, a classe 'Assault' não tinha equipamentos de médico - outras classes cuidavam dessas tarefas.




Battlefield 2

No cenário moderno de Battlefield 2, a classe 'Assault' ainda era uma escolha geral para combate à média distância, mas mesmo assim evoluiu graças as adições ao seu arsenal. Por exemplo, a classe ganhou acesso ao lança-granadas equipado ao rifle, uma peça militar poderosa, e a classe 'Assault' podia aguentar mais tiros graças à armadura corporal.





Battlefield 2142

Lembra-se de quando os desfribiladores eram de uma mão só? O futuro é encantador. Como o número de classes diminuiu para quatro em Battlefield 2142, as habilidades do Assault e Médico de Battlefield 2 se uniram dando luz à uma nova espécie de Assault. Isso nos desafiou a focar em ser um mestre no rifle de assalto e também curar e reviver colegas.





Battlefield: Bad Company

Com o caos e destruição adicionados em Battlefield: Bad Company, tivemos muita diversão com ambos rifles de assalto e lança-granadas (apesar dos caras demolidores serem muito mais explosivos) quando jogando de 'Assault'. O conveniente dispositivo 'LIFE-2', um auto-injetor que restaurava a saúde do jogador de Assault, também é memorável. Além disso, a classe Assault era o lança cabeça do esquadrão, se jogando na guerra.






Battlefield 4

Voltando ao presente com Battlefield 4, a atual encarnação da classe 'Assault' é versátil - além de ser uma ótima escolha para aqueles que estão começando a jogar. As capacidades de curar evoluíram com a mochila médica e o kit de primeiros socorros que pode ser arremessado mais longe. Novamente, essa classe é crucial para completar o objetivo e manter o time vivo.

Fonte: battlelog.battlefield.com

A história da classe 'Assault' em Battlefield

Após conhecer um pouco mais sobre a classe 'Assault' em seu último post, vamos agora con...


Battiefield: Hardline, novo jogo da série de tiro da Electronic Arts, ganhou uma nova data de lançamento da produtora.

Agora o jogo deve chegar às lojas dos Estados Unidos em 17 de março de 2015. Ele chegaria ao mercado originalmente ainda em 2014.

Segundo a produtora responsável, decidiu-se pelo adiamento porque o estúdio DICE, que desenvolve o jogo, queria "ir mais fundo" na fantasia de polícia e bandidos que serve como temática para o game.

Battlefield é uma série que tradicionalmente se concentra em histórias de guerra. Dessa vez, porém, os tiroteios acontecerão em ambientes urbanos.

Battlefield Hardline chegará em março de 2015

Battiefield: Hardline, novo jogo da série de tiro da Electronic Arts, ganhou uma nova data de lança...


O design da classe 'Assault' em suas variantes: Russo, Americano e Chinês.

Tomar conta dos negócios e das contusões

Apesar de cada classe de Battlefield trazer algo único para seu esquadrão, a classe 'Assault' é realmente uma personificação do bom e velho team play. Pense em todos os momentos de raiva que você passa após uma morte súbita - e daí reganhar seu espírito de luta graças à uma ressuscitação. Ou aquelas belas escapadas para a cobertura com apenas 3% de saúde restante quando você encontra um pacote médico no chão. Um Assault fazendo seu trabalho não pode ser sobrevalorizado.

Jogar como um Assault não é só tomar conta das tarefas médicas. Com a grande variedade de rifles de assalto e lança grandas um Assault bem sucedido precisa estar na frente, liderando o time em direção aos pontos de controle ou estações M-COM. Criar atalhos ao explodir buracos nas paredes com o lança-granadas ou cegar o inimigo com granadas de fumaça deve também estar no repertório.

De volta à luta, soldado!

Missão da Comunidade: Realizar 25 milhões de ressuscitações

O desafio in-game para a classe da semana é um dedicado ao trabalho em equipe. Nesta nova missão projetada para a classe 'Assault' queremos que você realize 25 milhões de ressuscitações. Carregue os desfribiladores, e mantenha os corações de seus colegas batendo.

Essa missão estará ativa entre 28 de Outubro e 4 de Novembro. Se concluírem o objetivo no tempo determinado, vocês serão recompensados com um papel de parede da classe 'Assault'. O papel de parede estará disponível no Battlefield Blog para download após a missão ser completa.


Desconto para o kit atalho para 'Assault'
Para aqueles que são novos em Battlefield, ou até mesmo pararam de jogar e até então voltaram, os kits de atalho são um bom caminho para destravar todas as armas e dispositivos. Em honra à classe da semana, você irá receber 30% de desconto no kit de atalho para Assault entre 28 de Outubro e 3 de Novembro de 2014. Confira o kit na Battlelog store.

Top 4 dicas para a classe 'Assault'

O tempo certo para reviver

O instinto talvez lhe diga para imediatamente mover-se em direção aos ícones de reviver acima das cabeças de seus caídos colegas. Mas como todo jogador de Assault sabe, é sempre necessário analisar o ambiente e garantir que o mesmo esteja limpo para que seu colega seja revivido, a não ser que seu colega tenha caído atrás de uma cobertura.

Torne-se um mestre da Shotgun

A M26 MASS é uma arma única da classe Assault, e é muito útil para combate em locais fechados. Após você destravá-la, terá uma arma magnífica junto com seu rifle de assalto. Experimente diferentes tipos de projéteis, encontre a distância apropriada, e pratique sua mira para fazer todo tiro valer a pena.

Pacote de primeiros socorros ou mochila médica?

Tudo é uma questão de gosto, mas há algumas coisas para manter em mente se você está escolhendo entre os dois tipos de pacotes médicos na classe Assault. O pacote de primeiros socorros pode ser arremessado mais longe, útil em mapas grandes. Em mapas menores, onde os jogadores andam geralmente pelos mesmo locais, a mochila médica é mais eficiente. Qualquer que seja sua escolha, localize as partes críticas do mapa que precisam de sua ajuda, e seja generoso!

Acumule pontos

Você possui várias oportunidades para acumular pontos quando jogando como um Assault - se fizer da maneira certa. À parte de todas as eliminações que você consegue com seu rifle de assalto, suas tarefas de médico irão te ajudar a receber a vitória para o time, e tudo isso lhe dá XP. Ajude os que precisam, mas antes saiba: Curar e reviver um colega de esquadrão te recompensa com mais pontos.

Fonte: battlelog.battlefield.com

Battlefield 4 - Classe da Semana: Assault

O design da classe 'Assault' em suas variantes: Russo, Americano e Chinês. Tomar conta d...


Agora, qualquer dono de um console com assinatura Premium é elegível para acessar o Teste da Comunidade de Battlefield 4, anunciou hoje a desenvolvedora DICE.

O único problema é que você precisará de um forte PC para rodar o jogo. Enquanto você não necessariamente precisa possuir Battlefield 4 no PC, a promoção apenas oferece acesso ao CTE no PC, pois, atualmente, não há nenhum CTE (Teste da Comunidade) que é nativo para os consoles.

Então, como funciona? Bom, se você possui Battlefield 4 Premium no Xbox One, PlayStation 4, Xbox 360 ou PlayStation 3, será concedido à você a oportunidade de registrar seu login do Origin. Após o registro, é só baixar e instalar o CTE via Origin. Daí então, você pode entrar em qualquer servidor junto dos jogadores premium de PC que estão utilizando o CTE desde Maio.

A DICE LA lançou o Teste da Comunidade para Battlefield 4 para coletar feedback dos jogadores sobre as próximas atualizações do jogo.

Anteriormente neste mês, jogadores foram concedidos com a oportunidade de testar os novos mapas da última DLC de Battlefield 4, Final Stand.

Fonte: mp1st.com

Teste da Comunidade de Battlefield 4 disponível para os jogadores premium de consoles

Agora, qualquer dono de um console com assinatura Premium é elegível para acessar o Teste da Comuni...


O aplicativo Battlelog para dispositivos móveis e tables é uma boa maneira para se manter conectado ao Battlefield, deixando você visualizar estatísticas, customizar seu loadout, ver resultados de partidas, e muito mais.

Após uma consulta com testers da comunidade do Battlelog, foram realizadas certas melhorias ao aplicativo Battelog para tables, permitindo agora uma experiência mais mais suave e informativa.

Como você pode ver nas fotos abaixo, a interface do usuário foi melhorada, deixando a consulta e navegação mais fácil. O aplicativo também foi otimizado para performance, deixando mais fácil para mudar seus armamentos, checar as leaderboards geográficas, ou qualquer outra coisa.

Uma das próximas mudanças para o aplicativo será notificações lhe informando sobre eventos de Battlefield 4 ou amigos entrando em algum jogo.



Fonte: battlelog.battlefield.com

Confira as melhorias do aplicativo Battlelog para tablets

O aplicativo Battlelog para dispositivos móveis e tables é uma boa maneira para se manter conectado...



Battlefield 4 lançou um ano atrás, e ficou muito claro que as coisas não estavam como deveriam. Todos sabemos a história, sobre o horrível lançamento de Battlefield 4 e quanto demorou para deixar o jogo jogável.

Mas enquanto nós como jogadores reclamamos muito, havia pessoas com muito mais em jogo. Investidores que colocaram seu dinheiro na EA viram as ações cair após o lançamento de Battlefield 4, e processaram a EA. E é fácil ver porque: logo antes de Battlefield 4 lançar, executivos da EA descarregaram uma quantia avaliada em $5 milhões no estoque da EA.

De volta em Dezembro de 2013, um grupo de investidores processou a EA sobre declarações falsas e enganosas, dizendo que a EA sustentou Battlefield 4 como um dos melhores jogos do ano, quando na verdade, o jogo foi uma falha total no lançamento. Os investidores perceberam que a EA enganou eles a acreditar que Battlefield 4 seria um grande sucesso.

Apesar que, no final, quando a marca Battlefield já estava manchada, BF4 ainda vendeu milhões de cópias, e ao todo, as ações da EA são uma das ações de melhor desempenho de jogos de vídeo em relação ao ano passado.

A ação judicial foi julgada em favor da EA pela juíza distrital Susan Illston de San Francisco, que disse que a EA não enganou os investidores, eles estavam simplesmente fazendo "declarações acionáveis de opinião, otimismo corporativismo, ou propaganda exagerada". Em outras palavras, a EA estava bem otimista sobre Battlefield 4, mas não mentiu para os investidores.

E você? Concorda com quem neste assunto? Comente abaixo!


Fonte: bf4central.com

EA vence ação judicial sobre o horrível lançamento de Battlefield 4

Battlefield 4 lançou um ano atrás, e ficou muito claro que as coisas não estavam como deveriam. T...


Battlefield Hardline talvez não veja a luz do lançamento esse ano, mas isso não quer dizer que foi deixado pra trás em termos de atualizações. Parece que a desenvolvedora, Visceral Games, está utilizando o tempo para melhorar a experiência do jogador para "Battlefield: Hardline."

Em uma entrevista exclusiva com a VG 24/7, a desenvolvedora revelou que o beta realizado anteriormente para Battlefield Hardline está levando o jogo para outro caminho, com novas armas programadas para mudanças. Indo no feedback dos fãs, ambos positivos e negativos, a equipe teria percebido o trabalho que os espera. O feedback e os pedidos dos fãs para o novo Battlefield requeriu mais tempo, que é parte do motivo do adiamento de Battlefield Hardline para 2015.

Esse não é um desenvolvimento supreendente considerando que Battlefield Hardline terá um tema que é totalmente diferente dos outros Battlefields. Com policiais e criminosos tomando o lugar da guerra entre nações, será totalmente uma nova experiência para os jogadores.

Por causa do feedback, fãs agora podem esperar grandes mudanças para Battlefield Hardline. Essas mudanças incluem armas específicas de facções, armas mais poderosas, mudanças nos modos de jogo e um gameplay "ainda mais interessante."

"É minha esperança que ao falar com a imprensa, as pessoas percebam nossa ideia de grandes mudanças para o jogo," disse o diretor geral da Visceral Games, Steve Papoutsis, em uma entrevista à VG 24/7.

Mesmo com BF: Hardline sendo desenvolvido pela Visceral, o outro projeto da DICE, Battlefield 4, também está no caminho para sua última expansão, a DLC Final Stand. No Battlefield Blog, a desenvolvedora detalhou os desenvolvimentos que a expansão tem sofrido até o lançamento.

As primeiras pistas que a desenvolvedora forneceu aos jogadores é que a DLC Final Stand apresentará ambientes no inverno para seus mapas. Quatro mapas já foram nomeados: Operação Whiteout, Hangar 21, Giants of Karelia e Hammerhead.

A DLC Final Stand também apresentará novo armamento militar futurístico. Algumas das armas são: HT-95 Levkov, a Rorsch MK-1, a XD-1 e o Accipiter. Também haverão novos dispositivos para essa DLC, incluindo o 'Target Detector' para auto-avistar o inimigo e o 'DS-3 Decoy' para confundir os inimigos.

E por último, a DICE também anunciou a disponibilidade da DLC Final Stand no CTE (Teste da Comunindade). O conteúdo que estará disponível através do CTE está muito perto do que será lançado. A única coisa que está faltando sobre a DLC Final Stand é o preço e sua data de lançamento, o que a desenvolvedora pode anunciar brevemente. Entretanto, confira as armas e dispositivos da nova DLC de Battlefield 4.



Fonte: au.ibtimes.com

Battlefield: Hardline & DLC Final Stand: Planos pós-beta, mudanças e novos dispositivos

Battlefield Hardline talvez não veja a luz do lançamento esse ano, mas isso não quer dizer que foi...

Atualizações

background