PunkBuster desbloqueia 217 jogadores banidos


Durante os últimos dias, nos fóruns de Battlefield 4, houve relatos de jogadores que tiveram o acesso bloqueado no jogo. Muitos deles têm visto uma mensagem do sistema anti-cheat Punkbuster, que aponta para a "Violação #89265", o que significa o uso de software para obter vantagem desleal no jogo.

Na sexta-feira, no fórum do Punkbuster oficial apareceu uma breve mensagem dizendo que isso foi um alarme falso, e os 217 jogadores que estão bloqueados devido a "Violação #89265", terão suas contas desbloqueadas, para que possam acessar o jogo novamente. Os jogadores foram banidos devido um software que não tem nenhuma relação com cheats e hacks.

Além disso, no site de suporte da EA apareceu duas principais infrações que lhe dá punição pelo serviço FairFight e qual o seu código. Confira abaixo:

  • Você foi kikado por FairFight. Motivo declarado: Código Banido #J8Ytk2
    - É permanentemente bloqueado o acesso ao multiplayer do Battlefield 4
  • Você foi kikado por FairFight. Motivo declarado: 24 horas de suspensão - Monitoramento lvl 2 ativo #K98L9
    - É bloqueado temporariamente o acesso ao multiplayer do Battlefield 4 (24 horas).

O jogadores ainda podem ser punidos por esse sistema se de alguma forma violar os Termos de Serviço. Por exemplo, no que diz respeito:

  • Hacking, cracking, phishing, abuso de exploits, abuso de erros no jogo, fraudes e distribuição de software que permitia qualquer um desses itens
    - Especificamente para o aimbot, wallhack e outras trapaças semelhantes
    - Além disso, você pode ser banido se desonestamente obter pontos no jogo

Normalmente isso funciona da seguinte forma: primeiro você recebe um aviso ou um bloqueio temporário, e se voltar a violar os termos será bloqueado permanentemente. No entanto, se é uma acusação falsa e você não fez nada parecido com isso, você pode mandar um e-mail para EA: Accountdisputes@EA.com

Fontes: EvenBalance.com / Help.ea.com

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.