Header Ad Widget

DICE mostra como ficará o balanceamento das armas após a atualização 6.2 do Battlefield V



Finalmente a DICE anunciou como ficará o balanceamento das armas na atualização 6.2, que será lançada no dia 4 de março. A atualização também incluirá ajustes e correões nos veículos, soldados, mapas, melhorias no som e no desempenho do game.

O estúdio também confirmou a chegada da customização dos tanques, sem maiores detalhes por enquanto. Mas o principal assunto é sem dúvidas o Tempo para Matar das armas (TTK), que não havia agradado a comunidade após uma das atualizações anteriores (a 5.2).

Segundo o gerente de comunidade, Adam Freeman, a DICE continuará a operar um modelo de dano que garante que as armas projetadas para serem letais em curtas distâncias ainda causem menos danos depois dos 30 metros do que o experimentado no 5.0, no entanto, estão fazendo ajustes nas curvas de dano para garantir que não ocorra uma queda instantaneamente com o passar da distância.

Armas que devem ser mais eficazes em distancias maiores, como os rifles semi-automáticos e as carabinas da pistola, terão suas quedas de danos estendidas, garantindo que elas recuperem seu objetivo e tenham um desempenho significativamente melhor à longo alcance. Mudanças semelhantes também estão sendo feitas nas MGs e ARs.

Como o TTK será ajustado:

A atualização 6.2 retorna o dano base nos valores de alcance da maioria das armas para os da atualização 5.0 (quando tudo estava perfeito no BFV), somente mantendo uma pequena queda em danos à longa distância.

Exemplo:
  • FG-42 no update 5.0: 4-6 BTK (Balas para Matar)
  • FG-42 no update 5.2: 5-13 BTK
  • FG-42 no update 6.2: 4-7 BTK

O dano à longas distâncias agora é baseado na classe de uma arma e não na taxa de tiro. Por exemplo, os rifles de assalto e as LMGs causarão mais danos a longas distâncias do que as SMGs com a taxa equivalente de tiro. Os valores de recuo e precisão também foram ajustados, a única exceção é a Type 2A, que teve um aumento substancial no recuo para equilibrá-la na classe SMG.

Os rifles de ferrolho agora têm velocidades mais altas em todo a classe, sendo mais eficazes em combates à longas distâncias. Além disso, a DICE aumentou um pouco a velocidade da bala da Type 11 para ajudar a diferenciá-la da Bren.

O que tudo isso significa?

O objetivo é manter um ritmo alto em combate curtos e ter um ritmo satisfatório à distâncias maiores. Em outras palavras, pode-se concluir que o balanceamento das armas foi praticamente que revertido por inteiro em curtas e médias distancias, enquanto nas longas distâncias, o jogador deverá acertar um tiro a mais (comparando na atualização 5.0)

Manteremos você atualizado, por isso siga o BattlefieldBR nas redes sociais para se atualizar e mais notícias - Twitter Instagram Facebook YouTube.

Comentários

Notícia Anterior Próxima Notícia