Assista ao primeiro trailer da campanha single-player de Battlefield 1



A DICE acabou de lançar um novo vídeo mostrando parte da campanha de Battlefield 1 e pelo trailer podemos ver que será épico. Ao que tudo indica ela pode ser comparada a campanha de Battlefield 3, onde você controla vários personagens em situações diferentes. Você irá assumir o papel de um piloto de avião, membro de um esquadrão de tanque e um mensageiro. Confira o texto que a DICE fez falando mais sobre o modo solo de BF1:

Em Battlefield 1, você vivenciará uma série do que chamamos Histórias de Guerra: histórias pessoais focando em diferentes protagonistas com diferentes origens e habilidades. Embora nossos personagens estejam em guerra, as histórias em Battlefield 1 são pessoais. São sobre pessoas, e não história ou batalhas.

A Grande Guerra é diversa. Nossa intenção consciente foi incluir essa variedade. A Primeira Guerra Mundial teve várias perspectivas e personagens diferentes, e quisemos cobrir o máximo possível.


Isso nos fez reconsiderar o formato do que ofereceríamos no modo de um jogador em Battlefield 1. Sentimos que um personagem saltando por esses cenários diferentes não seria tão imersivo e não faria justiça ao cenário. Por isso, decidimos adotar um formato de antologia, um conjunto de personagens com suas próprias histórias, mais focadas. Assim, poderíamos ter imersão e variedade: uma vitória dupla.

Um exemplo é a História de Guerra Através de Lama e Sangue. Ela se passa no final da guerra e concentra-se em uma equipe de um tanque Mark V britânico. A história se concentra em um jovem soldado designado pela equipe como piloto do tanque. Contudo, nosso protagonista não tem experiência com essas máquinas de guerras modernas e precisa aprender – e rápido. Nosso herói também luta para ganhar a confiança de seus colegas de equipe. Assim, a história também tem uma dinâmica social, o que dá uma dimensão pessoal a tudo. Danny Edwards, nosso personagem piloto, não é um exímio atirador de elite. Não é um piloto de elite. Não é um especialista em demolição. Ele é um ex-chofer, um voluntário novato na guerra. Ele sabe dirigir e consertar coisas. É aqui onde nós começamos.


Nas antigas versões de Battlefield, vivenciamos a história através do olhar de um personagem principal, e era muito raro que a câmera cortasse para qualquer lugar. Mas em Battlefield 1 decidimos ter personagens mais fortes, em vez de falar aos jogadores "você é o personagem". Uma maneira de fazer isso era usar técnicas de cinemática clássicas, que deixam você ver o personagem mais do que em primeira pessoa. Queríamos que o jogador visse e sentisse pelo que os jogadores estão passando, e não apenas vivenciar tudo por trás dos olhos deles. Isso nos ajudou bastante não apenas na habilidade de contar histórias, mas também no envolvimento emocional.

Uma inspiração chave para o modo de um jogador é como as pessoas pensam, agem e jogam no multiplayer de Battlefield 1. Jogando Battlefield, você geralmente tem objetivo, equipamentos e um plano. Esse plano muitas vezes sai dos trilhos ao ser executado, e então você tem de improvisar para dar certo, baseado nos inimigos e veículos que você está enfrentando.

Estamos adotando uma jogabilidade sistêmica e a liberdade que faz de Battlefield um jogo de alta agencialidade.

Por exemplo, em Através de Lama e Sangue, há uma parte que chamamos de Terreno Desconhecido. Aqui, você se vê de repente em uma floresta brumosa. Devido à baixa visibilidade, você se move a pé à frente de seu tanque, abrindo caminho por acampamentos de inimigos. Se você quiser, poderá usar explosivos para explodir as armas antitanque dos inimigos, ou pode entrar furtivamente e realizar ataques corpo a corpo.

Você vai acabar encontrando uma base relativamente grande, com armas de artilharia que você pode destruir para proteger seu tanque ou usar contra os inimigos. Você também terá a opção de eliminar uma equipe de tanque inimiga, o que lhe dará acesso a um veículo inimigo que você pode usar no confronto. Tudo isso é projetado para encorajar os jogadores a jogarem do seu jeito, assim como no multiplayer.


Você também conhecerá personagens históricos reais ao jogar Battlefield 1 no modo de um jogador. Um personagem romântico e um pouco controverso, Lawrence da Arábia é um nome que muitos reconhecem. Assim como o Barão Vermelho, Lawrence é um dos nomes mais icônicos da Primeira Guerra Mundial, e eu espero que os jogadores achem fascinante passar tempo com esse personagem.

Enfrentando um inimigo tecnicamente superior, Lawrence é colocado em uma situação de desvantagem em Battlefield 1. O Império Otomano possui um trem blindado gigante chamado de Canavar ("fera" em Turco) equipado com uma enorme peça de artilharia que pode atacar a quilômetros de distância. A artilharia devastadora do Império ataca forças rebeldes, que lutam apenas com seus fuzis e cavalos.

Em Battlefield 1, você joga como uma rebelde árabe representada como o braço direito de Lawrence. Essa personagem precisa usar seu estilo de jogo engenhoso para reconhecer acampamentos inimigos, liberar o equipamento necessário e atrair o trem blindado para um confronto final. Jogue de forma barulhenta, silenciosa, a longa distância, a curta distância, a cavalo ou em um veículo adequado: você decide.

Resumindo, há várias histórias de guerra para você vivenciar no modo de um jogador de Battlefield 1. Espero que apreciem todos quando Battlefield 1 for lançado dia 21 de outubro.

Para mais informações sobre Battlefield 1 e outros jogos da série fique ligado no nosso site e nas redes sociais.



Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.