Header Ad Widget

Top 4 jogos eletrônicos com maior número de pró players



Segundo a pesquisa lançada recentemente pela Betway Insider, responsável por avaliar os jogos com o maior número de pró-players no mundo, os games que lideram os campeonatos profissionais são CS:GO, LoL, DOTA 2 e Valorant.

Counter-Strike Global Offensive, FPS (First Person Shooter) lançado pela produtora Valve em 2003 acumula 2.940 jogadores profissionais em todo o mundo, segundo informações da Betway.

Além disso, um cientista de dados convidado pela equipe avaliou as nacionalidades dos players que construíram uma carreira com o jogo, identificando que a maioria é da Suécia, seguido dos Estados Unidos e Brasil.

Por conta disso, o jogo foi capaz de permanecer entre os principais games eletrônicos de todos os tempos, com competições que acontecem há quase 20 anos e cerca de 564 mil jogadores online simultaneamente na Steam, conforme dados do mês de maio.

Na sequência, o jogo com maior número de profissionais é DOTA 2, com um total de 1.517 pro players da modalidade. O primeiro lugar é da China, que detém 266 profissionais em seu país.

Um dos motivos é a cultura local, que incentiva o jogo entre seus moradores, uma vez que a desenvolvedora tem origem chinesa. Além disso, o jogo é matéria eletiva nas universidades desde 2014.

Em fevereiro de 2022, a plataforma Steam atingiu o recorde de 8 milhões e 665 mil usuários ativos ao mesmo tempo, além de mais de um milhão de jogadores ativos ao mesmo tempo.

Com apenas 2 anos, Valorant já é o FPS com maior número de pró-players

Depois de CS:GO, Valorant é o segundo jogo de FPS com o maior número de pró-players com uma carreira consolidada, de acordo com dados do site de bets em e-Sports. O jogo ocupa o terceiro lugar do ranking geral, com 1.846 profissionais no mundo.

No entanto, o lançamento da Riot Games, que também aparece na lista com League of Legends, aconteceu somente em 2020.

Apesar de ter somente 2 anos no mercado, o jogo já apresenta quase 2 mil profissionais, além de dezenas de campeonatos globais.

O incentivo foi essencial para atrair mais jogadores, além de interessar pró-players de outros jogos, que migraram suas carreiras para o FPS, por conta das oportunidades e visibilidade.

Falta de campeonatos oficiais de Battlefield contribuem para pouco número de jogadores

Além do pouco incentivo e popularidade no cenário eletrônico, como acontece com os jogos que melhor rankeam pró-players em todo o mundo, um dos motivos que leva a essa posição é a falta de campeonatos oficiais de Battlefield.

O último torneio promovido pela EA Games aconteceu em 2018, e, desde então, não existem competições promovidas a nível mundial, sequer nacional, como aconteciam com as partidas nos Estados Unidos.

Por conta disso, não existe interesse, ou incentivo, para que bons jogadores construam uma carreira no game.

Outro fator que contribui para a exclusão do clássico de FPS da lista de produções mais populares é a falta de modos ranqueados.

O lançamento mais recente, Battlefield 2042, não tem classificação competitiva, que já foi anunciada antes do lançamento pelo diretor responsável pelo design do game.

Apesar do feedback da comunidade do jogo, nenhuma mudança foi anunciada até o momento, de modo que os jogadores podem apenas iniciar partidas no modo história ou cooperativo.

Isso faz com que o jogo fique atrás de outros títulos mais populares e, eventualmente, deixe de desenvolver campeonatos oficiais para incentivar a adesão de mais públicos e profissionais no nicho.

Nesse sentido, o Battlefield precisará de muitas renovações se quiser fazer parte dessa lista, enquanto luta para conquistar novamente a sua comunidade e posicionar seu lançamento no mercado.

Notícia Anterior Próxima Notícia