Header Ad Widget

Como seria se a DICE adicionasse o exército brasileiro no Battlefield V


Por mais que muitas pessoas desconheçam (até mesmo em nosso país), o exército brasileiro foi uma peça importante na segunda guerra mundial para o sucesso dos aliados.

Nós como brasileiros, logicamente adoraríamos ver os soldados da Força Expedicionária Brasileira (FEB) presentes no Battlefield V. Mas será que isso é possível?

Claro que sim, isso na verdade só depende da DICE, pois há boas histórias de guerra envolvendo os brasileiros que poderiam ser retratadas.

A famosa batalha que marcou a presença da Força Expedicionária Brasileira (FEB) no conflito ficou conhecida como A Batalha de Monte Castelo, que poderia ser épicamente retratada no BFV.

Mas antes de mais nada, é importante a gente entender um pouco mais os detalhes da participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial, bem como suas batalhas.


A declaração de guerra contra a Alemanha e a Itália ocorreu no dia 31 de agosto de 1942. O Exército brasileiro, porém, contava com um parco contingente e foi preciso convocar recrutas e reservistas, como médicos, enfermeiras e advogados.

O decreto que formava a FEB (Força Expedicionária Brasileira) foi assinado em 9 de agosto de 1943. A FEB se incorporou ao Exército americano e foi treinada por eles na Itália.

O contingente da FEB era formado por 25.445 mil homens para atuar exclusivamente na guerra. Destes, 450 soldados morreram e três mil soldados ficaram feridos no decorrer da campanha do Brasil.

O primeiro grupo de militares brasileiros chegou à Itália em julho de 1944. O Brasil ajudou os norte-americanos na libertação da Itália, que, na época, ainda estava parcialmente nas mãos do exército alemão.

Nosso país enviou cerca de 25 mil homens da Força Expedicionária Brasileira (FEB), e 42 pilotos e 400 homens de apoio da Força Aérea Brasileira (FAB).


Os pracinhas conseguem vitórias importantes contra os alemães, tomando cidades e regiões estratégicas que estavam no poder destes, como o Monte Castelo, Turim, Montese, entre outras. Mais de 14 mil alemães se renderam aos brasileiros, que também ficaram com despojos como milhares de cavalos, carros e munição.

A ação dos pracinhas não foi fácil por vários motivos. O primeiro, porque o treinamento recebido no Brasil e nos Estados Unidos não era muito próximo à realidade da guerra que encontraram. Os soldados não estavam habituados ao clima frio dos montes Apeninos, que atravessam a Itália e nem acostumados a lutar em local montanhoso. Só na batalha do Monte Castelo, houve mais de 400 baixas entre os brasileiros.

Para entender melhor a trajetória do exército brasileiro na Itália, há um mapa esquemático retirado do site wikipedia que mostra o avanço das tropas brasileiras até a rendição dos inimigos.



Há também, um vídeo muito interessante relatando maiores detalhes do envolvimento do Brasil na Segunda Guerra Mundial. Em especial você pode saber mais sobre a história envolvendo três grandes heróis da força expedicionária brasileira durante a 2ª guerra mundial. Confira abaixo.



Como relatado no texto acima, existiram muitas batalhas na região italiana, que poderiam ser retratadas no Battlefield V de forma brilhante. Porém, como ainda esperamos a chegada dos exércitos americano e japonês, a chance de vermos mais um exército no jogo (incluindo o brasileiro) após estes é bem remota.

Mas, definitivamente seria bem interessante, já que os desenvolvedores poderiam explorar várias batalhas.

Fontes: todamateria.com.br / wikipedia.org / novaescola.org.br

Comentários

Notícia Anterior Próxima Notícia