7 coisas que você não sabia sobre Battlefield 1


Ao logo da franquia de Battlefield a DICE sempre fez um ótima trabalho em encher o jogo de segredos e Easter Eggs. Alguns já levaram meses para serem descobertos, como o Programa Phantom em Battlefield 4, e alguns foram apenas por diversão, como o Pterodactyl em Battlefield 3. De qualquer forma, os Battlefield's estão cheios de segredos, e Battlefield 1 não é diferente.

Hoje vamos apresentar sete coisas que você provavelmente não sabia sobre Battlefield 1. Bem, talvez você saiba dessas coisas e nesse caso você pode se considerar um veterano e historiador de Battlefield.

1. Zumbi no mapa Fort de Vaux

É muito improvável que um modo zumbi esteja disponível em Battlefield 1, mas isso não significa que a DICE não pode se divertir um pouco com esse conceito. Em Fort de Vaux os jogadores encontraram uma parta com a palavra "Isolement" escrita em cima dela. A porta está fechada com correntes e caixas bloqueiam o acesso, mas quando alguém atira nela os jogadores podem escutar gritos e batidas vindas lá de dentro. Não temos certeza do que isso significa, mas é assustador. Quer escutar?




2. Animação de recarregar inspirada em Doom

Animações raras e especiais já estão presentes há algum tempo na franquia Battlefield, e isso continua em Battlefield 1. Por exemplo, em tributo ao jogo Doom, quando você está recarregando a espingarda de cano duplo. Originalmente os jogadores pensaram que podia ser culpa do lag, mas a DICE confirmou que essa animação muito rara era de fato uma homenagem a Doom.




3. Fort de Vaux existe na vida real

Não é algo tão chocante o fato de Fort de Vaux ser um local real em Verdun, na França. Porém, o que pode surpreender alguns jogadores são as similaridades e as diferenças que existem entre o local original e o que a DICE construiu no mapa Fort de Vaux. O youtuber Flakfire vistiou o Forte Vaux na França, e fez uma comparação lado a lado, o resultado é incrível.




4. Easter Egg de Dark Souls

Todos nós sabíamos que quando você monta em um cavalo em Battlefield 1 você precisa usar a espada para atacar seus inimigos, mas vocês sabiam da espada que existe no mapa Rupture, da expansão They Shall Not Pass? Ela pode ser pegada somente uma vez por rodada, e se você morrer ela some, mas ela é uma arma corpo a corpo que pode matar com apenas um golpe, e é quase certeza um Easter Egg de Dark Souls.





5. O Megalodon chegou em Battlefield 1

De volta durante os dias de Battlefield 4, os jogadores suspeitavam que o Megalodon existia em algum lugar do jogo. Naquela época não existia, mas a DICE resolveu introduzir o tubarão gigante em uma das expansões do jogo, Naval Strike. Em Battlefield 1 o Megalodon fez outra aparição, dessa vez na expansão They Shall Not Pass, em Fort de Vaux. A maioria dos fãs de Battlefield 1 já viram ou ouviram sobre esse Easter Egg, mas ele é muito legal para ser deixado de fora da lista.




6. Dog Tag "Um Começo" e a Caçada ao Easter Egg

A franquia Battlefield já é conhecida por fazerem os jogadores completarem várias tarefas e passos para desbloquearem dog tags únicas e raras, e "Um Começo" não foi diferente. JackFrags e sua equipe de caçadores de Easter Eggs gastaram alguns meses tentando descobrir esse segredo, e ainda suspeitam que há mais coisas que ainda não foram reveladas. Dado o quão complexo foi o Programa Phantom em Battlefield 4, provavelmente eles estão certos.




7. Casa flutuante do filme Up - Altas Aventuras

Um Easter Egg divertido e não tão difícil existe no mapa Verdun Heights, da expansão They Shall Not Pass, e obviamente é uma referência ao filme "Up - Altas Aventuras". Após atirar em algumas garrafas de vinhos e cata-ventos em forma de galo, os jogadores podem olhar para cima e ver à distância uma casa flutuando, sendo levada por três balões. Abaixo você confere o vídeo do JackFrags para descobrir como ativar esse Easter Egg.



fonte: tankwarroom

Para mais informações sobre Battlefield 1 e outros jogos da série fique ligado no nosso site e nas redes sociais.


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.