Call of Duty seria uma ameaça para Battlefield 5 em 2016?



EA e DICE estão próximas de lançar Battlefield 5, isto acontecerá no final deste ano e mais uma vez, eles estão indo contra à Activision da série Call of Duty. As duas gigantes brigam pela supremacia sobre o mercado de FPS (First-person shooter). CoD sempre vem lado a lado, mas a EA, sem dúvidas, conseguiu tornar a vida mais difícil para a Activision de uns anos para cá.

Em uma entrevista exclusiva para GamingBolt, o analista do setor de games Michael Pachter acredita que Battlefield 5 pode muito bem ser uma ameaça para o jogo Call of Duty.

"Claro que vai ser uma ameaça, eu só acho que há menos concorrência global. Battlefield 5 em si será ótimo, só que no ano passado haviam cinco jogos que tinham 60 milhões de unidades em vendas - Halo, Fallout, Battlefront, Assassins Creed e Call of Duty. Este ano, por outro lado, existem apenas quatro jogos, e um deles é Máfia 3 e não é tão grande assim".

Claro, esta projeção para a temporada de férias pode muito bem mudar com a E3, é inteiramente possível que mais jogos sejam anunciados, e que poderão competir para a mesma fatia do bolo. Mais os rumores de lançamentos do Nitendo NX e PlayStation 4K, bem como o lançamento do já confirmado PlayStation VR, será, sem dúvida, uma boa competição pelo seu dinheiro.

Jogos diferentes, mas concorrentes, esses são Battlefield e Call of Duty. Duas franquias extremamente distintas, onde uma olha para a inovação com a engine Frostibite que nos dá a possibilidade de vermos o levolution em todos os mapas, como prédios inteiros sendo destruídos, gerando mudanças drásticas de clima, foco em veículos, cenários gigantes, armas que sofrem interferência da gravidade e moldadas conforme a realidade, sonorização espetacular e gameplay diferenciada em classes que bem distribuídas em um jogo de equipe, mostram o seu poder no modo multiplayer. 

A outra? Simplesmente o mesmo de tudo que já vimos até agora. Faltam inovações consistentes em sua jogabilidade, cenários e processos gráficos. Trazendo pequenos ícones como um cachorro e uma mulher jogável em seu multiplayer. A sua campanha sempre bem feita, mas não é o suficiente para ser a melhor. 

Podemos avaliar que a base de fãs é o fator que está definindo qual o melhor em vendas.  

E você caro leitor, acha que CoD é ou já foi uma ameaça para Battlefield? Eu acho que não em. Nunca foi e nunca será! 

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.