"Nós subestimamos os jogadores de console" diz Diretor Criativo do BF4



A série Battlefield sempre foi por natureza mais voltada ao "PC", mas com cada nova adição na série há um foco maior na versão de console. A grande pergunta que saiu da GamesCom no mês passado foi como a desenvolvedora DICE estava reagindo perante as preocupações crescentes de inferioridades gráficas na versão console do jogo, e se o jogo estava sendo "suavizado", da mesma forma que o BF3 foi para a versão de console.

Em uma entrevista ao MMGN na Gamescom, o diretor criativo do Battlefield 4 Lars Gustavsson disse que a fabricante do jogo de renome tinha aprendido com seus erros, tendo jogos Battlefield projetados para um público de console que é muito mais "hardcore" do que a equipe de desenvolvimento havia pensado originalmente.
"Quando fizemos Modern Combat no PS2 e Xbox, foi a nossa primeira experiência com console", disse ele. "Então nós fizemos Bad Company 1. Em algumas áreas, fomos "estúpidos", e nós subestimamos os jogadores de console."
O truque, segundo Gustavsson, foi a criação de uma experiência com o console que ficou em linha com o que foi feito para PC, que é historicamente a plataforma de desenvolvimento de liderança para os jogos Battlefield.
"Nós percebemos que o mercado de consoles definitivamente tem um público 'hardcore' que está em linha com a multidão do PC", explicou ele. "Obviamente, ele muda a forma de como o jogo é projetado e jogado, mas trabalhando no PC nos permitiu evoluir e mudar a Frostbite." 
"Foi sempre uma questão de explorar o máximo dos consoles, ao invés de mudar para melhor atender os consoles."

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.